112Visualizações |  Like

Maior hospital privado de Uberlândia comemora dia do enfermeiro

Santa Genoveva valoriza profissionais da enfermagem com gestão compartilhada da área

Conhecido mundialmente como o Dia Internacional do Enfermeiro, 12 de maio é uma data que visa enaltecer o papel importante dos profissionais de enfermagem. O Hospital Santa Genoveva reconhece o trabalho de quem, de fato, presta os cuidados aos pacientes e que são essenciais para garantir a total recuperação da saúde dos que mais necessitam.

Para o ano de 2018, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), trabalhará com tema “Expandindo a atuação dos enfermeiros na atenção primária”, mostrando que os enfermeiros têm um papel fundamental no acesso aos cuidados e são essenciais para levar saúde à população.

Segundo a enfermeira Maria Carvalho, responsável pela gestão de recursos humanos, processos e desenvolvimentos técnicos, focado na qualidade assistencial da equipe de enfermagem do Santa Genoveva, atualmente, trabalham no hospital cerca de 400 profissionais de enfermagem, que são de suma importância e têm o mérito e reconhecimento pelo comprometimento, eficiência e responsabilidade com que atuam em nossas unidades.

“Os enfermeiros são os responsáveis pela admissão dos pacientes em nossas unidades, avaliando e entendendo as necessidades físicas, psíquicas, sociais e religiosas de cada paciente, planejando uma assistência humanizada e voltada às necessidades individuais das pessoas que adentram o hospital em algum momento de angústia e doença”, afirma.alo3

Gestão compartilhada

Considerado o maior complexo hospitalar privado de Uberlândia, o Santa Genoveva aposta no modelo de gestão compartilhada da enfermagem, o que garante mais eficiência no trabalho prestado.

“Neste modelo não existe a figura do gerente. Dividimos o Hospital em quatro linhas de cuidado. Dessa maneira, cada coordenador cuida profundamente da sua área, mas, também, conhece todos os outros processos. É um modelo de colegiado porque as decisões são tomadas em conjunto. Nesse modelo de gestão, os coordenadores são responsáveis pela qualidade e efetividade de assistência do Hospital como um todo, o que empodera os enfermeiros e os valorizam, já que as decisões são em conjunto, independente da área e todos são focados nos processos de qualidade e boas práticas, com equipes uniformes e coesas”, finaliza Maria Carvalho.