83Visualizações |  Like

Presidente da Caixa é recebido pelo prefeito Odelmo Leão e apresenta alternativas de parcerias com o Município

O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, recebeu, nesta sexta-feira (6), o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Magalhães Occhi, que estava acompanhado dos seus vices-presidentes de Habitação, Nelson Antônio de Souza, e de Governo, Roberto Derziê, além do superintendente regional da Caixa, em exercício, Gilmar Passos.

Durante a reunião foram discutidas alternativas para equacionar o pagamento das dívidas oriundas da gestão anterior, na casa dos R$ 390 milhões em despesas correntes (folha de pagamento, encargos e fornecedores), com a manutenção de investimentos essenciais do Município em áreas como saúde, educação e desenvolvimento social.

Brasília – O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occh, fala sobre as ações do governo federal para enfrentar os impactos do rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco. (Elza Fiuza/Agência Brasil)

“O nosso objetivo é fazer uma visita ao prefeito Odelmo Leão e colocar a Caixa à disposição, pois somos historicamente parceiros. Temos o compromisso de reafirmar essa parceria e trazer alternativas que possam melhorar a receita e os serviços da Prefeitura. A atenção que a Prefeitura tem com a Caixa nós vamos ter com a Prefeitura para que esse momento difícil seja ultrapassado”, afirmou o presidente da Caixa, Gilberto Magalhães Occhi.

O principal dirigente do banco federal citou a entrevista coletiva concedida pelo prefeito Odelmo Leão, também nesta sexta-feira, em que foram divulgados os dados consolidados na primeira semana de trabalho no que se refere à divida deixada pela gestão anterior. “Vemos que é um grande desafio em termos de dívidas a serem honradas. Por isso, trouxemos alternativas de financiamentos, parcerias e melhorias das arrecadações e dos serviços, que podem beneficiar a população naquilo que a Prefeitura pode oferecer”, disse Occhi. “Mais uma vez a Caixa é nossa parceira, porque é o maior banco de fomento social do Brasil”, disse o prefeito Odelmo Leão.

abre2Entre as alternativas apontadas pelo presidente da Caixa está a antecipação para este ano da renegociação do contrato de processamento da folha de pagamento do Município com a Caixa, que se encerraria somente em 2018. “Temos uma parceria de longo prazo e estamos conversando sobre a possibilidade de antecipar e fazer uma renovação desse negócio por mais cinco anos ainda em 2017”, disse Occhi. “Nossa folha de pagamento está com a Caixa desde 2005”, lembrou o prefeito Odelmo Leão.

Outra possível fonte de recursos está vinculada ao Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). Com a reforma administrativa contida no programa ‘Gestão Total” da Prefeitura de Uberlândia, o órgão de saneamento básico também será o responsável por gerenciar a coleta de resíduos sólidos, como forma de adequação à Lei Federal 13.308/16, que orienta os municípios a centralizarem as ações de gerenciamento do saneamento em único órgão. “Temos várias linhas de crédito e um programa de apoio a essa modernização de gestão e conversamos sobre o Dmae. Vamos levar uma série de demandas para Brasília e vamos voltar nos próximos dias para apresentar alternativas para essas ações trazidas pelo prefeito. A do Dmae é uma delas”, disse o presidente da Caixa.auberland

Secretaria Municipal de Comunicação Social
Av. Anselmo Alves dos Santos, 600, Uberlândia / MG
(34) 3239-2684 / 2441 / 2883